Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > Aviação do Exército celebra 34 anos
Início do conteúdo da página
Publicado: Quinta, 03 de Setembro de 2020, 14h42 | Última atualização em Quinta, 03 de Setembro de 2020, 14h42 | Acessos: 1512

Taubaté (SP) - O Comando de Aviação do Exército (CAvEX) celebrou, no dia 3 de setembro, os 34 anos da recriação da Aviação do Exército (AvEx), instalada desde 1986 em Taubaté (SP). 

Diante do cenário atual de pandemia da Covid-19, os tradicionais eventos, como o Sábado Aéreo e a Corrida Ricardo Kirk, não puderam ocorrer, mas a data não deixou de ser celebrada. Uma formatura na Alameda dos Pioneiros da Aviação do Exército foi realizada com efetivo reduzido, apenas com uma representatividade das organizações militares de Aviação sediadas em Taubaté, respeitando todas as medidas preventivas e distanciamento necessário.

A formatura foi presidida pelo Comandante de Aviação, General Ricardo José Nigri. Em sua fala, o Comandante lembrou a importância dos pioneiros e também a importância de seus integrantes. "A Aviação do Exército é a somatória de cada um dos militares especialistas e não especialistas, das diversas áreas que contribuem com seu trabalho árduo, dando corpo para a Aviação do Exército", disse.

O General Nigri ainda destacou os pilares da Aviação, tão fortes desde sua fundação e presentes na rotina da AVEx. "A Aviação do Exército é baseada em alguns pilares fundamentais,são eles o profissionalismo, capacidade técnica operacional, sentimento de cumprimento de missão, sentimento de soldado e aprimoramento constante. Isso redundou em disponibilidade permanente e adestramento continuado, este é o retrato da nossa Aviação".

Na sequência, o Coronel R1 Antônio Geraldo Rodrigues fez a leitura alusiva aos 34 anos, que lembrou a história da Aviação.

O aniversario de criação do 1º BAvEx (Batalhão de Aviação do Exército), primeira unidade aérea da Aviação do Exército construida no Forte Ricardo Kirk, também foi lembrado na ocasião.

Lançamento de moeda

Para eternizar a data, a AvEx lançou, também no dia 3 de setembro, uma moeda comemorativa pelos seus 34 anos. A parte da frente da moeda representa o distintivo do macacão de voo da Aviação do Exército, utilizado por todos os aeronavegantes. Já a parte traseira da moeda recebeu uma faixa circular no azul da cor da boina azul com os dizeres “Aviação do Exército Asas da Força Terrestre” e, no centro dela, um mapa do Brasil, uma águia e o brasão do Exército representam a extensão do Braço Forte e Mão Amiga em todo território nacional.

Ao longo destes anos, as “Asas da Força Terrestre” atuaram em missões em todo o País e no exterior, proporcionando aeromobilidade orgânica ao Exército Brasileiro, realizando missões humanitárias e operacionais.

registrado em:
Fim do conteúdo da página